Olavo Adolpho O Griot Pernambucano

Ainda não tinha escrito nada sobre Olavo porque queria encontrar uma palavra que conseguisse expressá-lo com mais exatidão além de demonstrar meu agradecimento por tudo que aprendo quando o ouço falar apaixonadamente por toda sorte de assuntos, entre esses, literatura, música,poesia, história deste país e universal, geografia, fauna, flora, artes, pessoas, coisas, bichos e sobretudo por pernambucanidade.

Com prosa envolvente e capaz de reproduzir páginas e mais páginas de romances, declamar a boa literatura de cordel de memória, ele representa bem a figura de um Griot, esse que segundo a tradição africana é o detentor, o possuidor do dom da oralidade.

Seria o nosso contador de histórias, aquele que sempre está lendo dois, três livros ao mesmo tempo, e sempre tem assuntos interessantes para nos contar, sobre isso me disse certa feita que era um notívago e voraz leitor, lendo em média de 100 a duzentas páginas por noite.

A memória prodigiosa, como já dissemos, é algo que me espanta sempre que o encontro, por conta dela não perco nada do que fala, sempre que posso aponto minha câmera e vou gravando , gravando e fazendo o que me propus de agora em diante, conhecer pessoas e me confraternizar com a doce alegria dos que não pedem nada para viver e que fazem da vida, diariamente, uma grande festa.

Você é nosso convidado e nosso griot é um desses anfitriões que nos fazem continuar acreditando no ser humano.

Aos poucos, vocês o conhecerão melhor, fiquem com o vídeo que é uma verdadeira aula de história e arte.

RennatSaid

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s