João Carreiro – Caboclo de Lança

Cultura popular é sempre bem vinda, seja a época que for, e principalmente para falar sobre Maracatu Rural, esse símbolo de resistência formado por pessoas simples, trabalhadores que passam o ano inteiro preparando a fantasia de caboclo de lança para sair pelos canaviais e palcos carnavalescos de Pernambuco.
A história desta filmagem começou assim, estava em casa em plena quarta-feira e recebi de meu amigo Nelson Cabelo, talentosíssimo fotógrafo o convite para ir até a cidade de Nazaré da Mata para procurar um Caboclo de Lança em plena época junina com finalidade de produzir algumas fotos no habitat natural desses guerreiros: o canavial.
Pelo telefone já sabendo do destino e missão, perguntei algumas coisas básicas, entre elas:
— Cabelo, tu sabes quem nós vamos procurar? Não!
— E chegando a Nazaré, aonde nós vamos? Não sei !
— Mas o amigo não conhece pelo menos alguém, uma alma qualquer que possa nos ajudar nessa empreitada? Não!
E aí, vai ou não vai? Perguntou-me taxativo:
Bem, falei eu, como eu gosto dessas missões bem organizadas disse: Vamos, pode passar por aqui!
E fomos, com todas as informações possíveis levantadas pelo meu amigo e o destino.
Ao chegarmos a Nazaré, nos indicaram o centro cultural Mauro Mota, lá conhecemos uma figura muito querida e respeitada na cidade de Nazaré, mestre Barachinha, que depois de uma pequena aula sobre sambada com direito a entonação de alguns versos de sua autoria, mostrando um pouco de como se dá a disputa entre os mestres nos deu o telefone de um dos filhos de João Carreiro, um dos caboclo de lança mais antigo do Maracatu Estrela Dourada do município de Buenos Aires que fica a uns 30 Km de Nazaré.
Tá quente ou tá frio? Estava ficando “quente” a procura como se diz aqui no Nordeste, ligamos para Joildo(Filho de seu João) e marcamos de nos encontrar meia hora depois na própria sede do Maracatu Estrela Dourada, de lá partimos com a fantasia do pai dele por estradas de barro e pequenas vielas para o sítio de seu João Carreiro.
Após rápida conversa e de sermos extremamente bem recebidos tanto pelo filho e amigo (Joildo e Joaldo) bem como pelo próprio João, um senhor de olhar sereno e de modos educados partimos para as filmagens e fotos.
Dessa forma, concluímos o que o destino já havia traçado, fizemos boas amizades que frutificarão novos encontros e filmagens e descobrimos que o filho de seu João Carreiro já possuía um excelente e completo audiovisual composto por 4 dvds sobre o 1º encontro de Mestres filmado no próprio local onde estávamos.
Agora, depois de sabido como foi essa pequena aventura, assistamos ao vídeo que nos deu enorme prazer em realizá-lo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s