É a noite que o bicho pega

Acredito que o jornalista e escritor José Teles nas vezes que fez referência em seus textos à música de Cinval Coco Grude já disse quase tudo quanto à criatividade desse artista em ebulição, todavia…

Ouvindo nesta semana o disco Primitivo Digital com participação de Ciano do Quinteto Violado, cheio de composições focadas em ritmos como o Caboclinho e o Toré, fiquei extasiado com essa fusão do primitivo com o eletrônico compondo melodias de excelente bom gosto.

Preciso ouvi-lo mais e conhecer seus primeiros discos o que farei brevemente, neste clipe que fizemos da música “ é a noite que o bicho pega” regravada no cd O Brasil acordou (2013) , seu 28º álbum, focamos na inspiração para muitos de seus sons, a Av. Guararapes e adjacências( Riachuelo, a Rua da Aurora), esse contato diário com os excluídos das cidades, com o stress do trânsito, do ruge-ruge das 17:00 parece funcionar como um liquidificador social e barulhento onde esse mago cria suas letras e compõe um dos sons mais originais da cena musical pernambucana, mas que infelizmente sem a dimensão que merece.

Ainda vai tocar muito Cinval neste Blog, aguardem!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s