Allan Sales – O Menestrel do Cariri

Conheci Allan Sales há cerca de dez anos ou mais e na época o que me ficou marcado foi uma versão politizada que ele tinha feito para a canção Leão do Norte do compositor Lenine.
Foi Darcy Ribeiro quem disse que na América Latina só havia dois lados, o dos resignados e o dos indignados e assim como o antropólogo, Allan vestiu a mesma indumentária crítica, de livre pensador, sem medo de dizer e cantar as verdades camufladas pela mídia e mascaradas pela indiferença social e pela maneira covarde como nós, seres humanos, agimos diante do politicamente correto.
Cordelista, poeta e principalmente músico, suas letras e versos não escolhem adversários e nem poderiam .
Possuidor de um olhar angular sobre a sociedade e as relações existenciais, Allan desafia o nosso tempo com uma mistura de denuncia e liberdade musical impressionantes, poderíamos dizer que ele não faz concessões, doa a quem doer.
Recife é único em produzir e abrigar essas inteligentes personagens, no caso dele, a cidade o acolheu, pois sendo oriundo da região do Cariri cearense, nosso menestrel aportou por estes lados e fez desta terra seu lar.
Abrigar, receber como mãe, Recife é magistral mas dar o reconhecimento artístico que merece são outros quinhentos, muitos artistas que conheço comungam dessa opinião, sabe-se lá por quê a cidade e o povo daqui agem assim ?
Nos vídeos artesanalmente gravados e editados acima dá para ter uma rápida noção do potencial criativo da obra dele, aqui estão versões musicais, poesias, sátiras e críticas de cunho político e religioso, além de uma música sobre a polêmica obra de Brennand que foi colocada no parque das esculturas de frente para o Marco Zero da Cidade.
Não saberia compará-lo a ninguém na atualidade , e talvez isso não seja necessário, mas se citasse como exemplo Gregório de Matos Guerra, o exemplo não desmereceria a nenhum dos dois, embora o Boca do Inferno tenha sido só poeta, a obra de Allan ainda se enriquece com a verve musical.
Saudações, menestrel, desse modesto amigo e admirador consciente que essas palavras de aplauso não farão jus à descrição detalhada de sua obra, mas num futuro bem próximo a cidade do Recife e o Brasil irão lhe render graça e haverão críticas mais abalizadas e isentas da amizade e apreço que tenho por você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s