Janela de Ônibus

 

Conheci Miró na década de oitenta e venho acompanhando sua paixão pela poesia desde essa época,

O que mais me impressionou durante esse tempo foi sua honestidade em dedicar boa parte de sua existência a essa luta para captar o sonho, para transformar a realidade dos excluídos em grito e cada vez mais tenho a certeza de que seus textos cozidos na simplicidade e recheados de ingredientes urbanos e sociais fez dele um poeta maior .

Hoje sua luta está duplamente mais difícil, pois além de insistir nessa arte das palavras em tempos de pobreza de leitura, ele luta também para vencer o vício do álcool, força Miró, precisamos de você para continuar deixando o Recife mais humano e poético.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s